domingo, 1 de dezembro de 2013

E hoje...

"Com um olhar que desarma, o tempo ficou suspenso. A racionalidade derrotada, perante um impulso tão genuíno quanto as presenças, de cada um de nós, ali. Dois corpos vencidos perante o insondável trilho dos acontecimentos. E hoje, sem arrependimentos."

(imagem retirada da internet)

1 comentário:

Partilhamos um café?